Quando falamos em acessibilidade estamos nos referindo à possibilidade de pessoas com deficiência utilizarem com autonomia e segurança de espaços, transportes, edificações, e até mesmo meios de comunicação, informação e sistemas de tecnologia.

Para que pessoas com deficiência tenham seus direitos garantidos, em 2004 foi decretada a Lei 5296 que determina que "para a concessão de alvará de funcionamento ou sua renovação para qualquer atividade, devem ser observadas e certificadas as regras de acessibilidade".

Clínicas e consultórios são ambientes que remetem aos cuidados com a saúde e bem-estar, e de forma alguma podem deixar de fazer sua parte no que diz respeito à acessibilidade, que é um direito de seus pacientes. Sabemos que pessoas com diferentes deficiências tem diferentes dificuldades, portanto listamos a seguir algumas das medidas cabíveis para diminuir as barreiras que possam limitar suas atividades.

Começaremos falando sobre a área externa, afinal, é justamente o local onde haverá o primeiro contato do paciente com a clínica. Caso exista estacionamento exclusivo no estabelecimento, é importante a existência de vagas prioritárias. Elevadores e/ou rampas de acesso também são fundamentais.

O piso tátil também é de extrema importância para pessoas com deficiência visual. Sua principal função é sinalizar a passagem permitindo que o indivíduo identifique possíveis perigos nas calçadas, além de auxiliar no direcionamento dos mesmos. A utilização do piso tátil deve seguir as regras definidas pela NBR 9050, resolução da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Piso tátil

Após garantir que o acesso ao interior da clínica seja feito de forma adequada e segura, é importante manter a assistência dentro do estabelecimento. As portas também devem ser adaptadas sendo que a porta de acesso deverá ter no mínimo 80 cm de largura para que possibilite a entrada de cadeiras de rodas com facilidade, bem como maçanetas do tipo alavanca.

Assim como as portas, os corredores devem ser espaçosos respeitando sempre as normas técnicas de largura mínima. Além do piso tátil, outras disposições deverão ser observadas, como a presença de piso antiderrapante e estável. Os banheiros deverão ser adaptados para diferentes necessidades, e é indispensável a presença de corrimãos e barras de apoio, não somente nessa área, mas também nos diferentes locais do ambiente.

Independente se as medidas tomadas forem as mais simples ou mais modernas, o essencial é que elas possam abranger o máximo de perfis possíveis fazendo com sejam incluídas o máximo de necessidades no planejamento da estrutura de sua clínica ou consultório.