Visitar uma clínica ou consultório na maioria das vezes não representa algo bom, portanto é essencial que a jornada do paciente seja agradável e que ele se sinta confortável neste tipo de ambiente.

A decoração de clínicas é uma parte importante na estratégica de negócio, afinal, se o paciente não se sentir à vontade, é possível que ele não retorne. Veja a seguir algumas dicas de como montar uma boa decoração sem interferir no rendimento da clínica.

Relacione a decoração com a especialidade

Essa dica parece óbvia, mas muitos ainda erram nesse quesito. É importante relacionar a decoração não só à especialidade mas também ao diferencial que a clínica traz, portanto fique atento às cores, mobílias, piso e itens decorativos.

Por exemplo, se a sua especialidade for a pediatria, possuímos um artigo explicando sobre a psicologia das cores e quais são as melhores escolhas a fazer para a decoração de clínicas pediátricas. Essas dicas podem ser aplicadas em outras especialidades, desde que usadas no contexto certo.

Inclua distrações no ambiente

A maioria dos pacientes costuma chegar cedo às consultas, inclusive até muitos minutos antes do horário agendado. No entanto, por diversos fatores muitas vezes quem acaba atrasando é o profissional de saúde. Por esses motivos é importante oferecer meios de distração aos pacientes.

É comum em clínicas e consultórios a presença de televisores e revistas na recepção, mas na atualidade disponibilizar uma rede wi-fi para uso dos pacientes é uma boa opção de entretenimento.

Fique atento à iluminação

Cuidar da iluminação da clínica é extremamente importante, pois ela também interfere no conforto dos pacientes. Manter o equilíbrio entre luz natural e luz artificial é algo bem importante e a escolha das lâmpadas também deverá ser feita minuciosamente.

A luz branca dá a sensação de frio, enquanto que luzes amarelas tornam o ambiente quente, portanto deverá haver equilíbrio entre as duas da mesma forma como mencionamos a luz natural e a artificial.

Analise o perfil de seus pacientes

Analisar o perfil dos pacientes é importante para não pecar na decoração da clínica. Uma clínica de ginecologia optará por uma decoração mais feminina, enquanto que uma clínica pediátrica irá de encontro ao que chama atenção das crianças.

Além disso, é importante ficar de olho no estilo dos pacientes. Você pode criar um mix que não pese demais para nenhum dos lados, ou pode fazer um estudo para saber qual estilo se ajusta melhor, como por exemplo, algo clássico e sofisticado, ou quem sabe opte por uma decoração mais moderna e divertida.