Antes mesmo de estar com o diploma de medicina em mãos, muitas pessoas já idealizam o ambiente de trabalho perfeito almejando abrir seu próprio negócio, seja ele um consultório ou uma clínica.

O planejamento é essencial para o sucesso, portanto é fundamental estabelecer um modelo de negócio antes de pensar em abrir sua própria clínica. Para não errar nesse momento importante da sua carreira, confira nossas dicas sobre as diferentes opções para quem deseja atuar na área da saúde.

Consultório especializado

Por se tratar de um modelo de negócio mais simples, nossa primeira sugestão é o consultório especializado. Neste modelo de negócio os investimentos são menores no que diz respeito à estrutura física, no entanto, se você está entrando no mercado de trabalho agora, provavelmente precisará de uma boa estratégia de marketing para que seu negócio se torne conhecido.

A estrutura de um consultório geralmente requer pouco espaço: uma sala para realizar os atendimentos, sala de espera com recepção, banheiros e uma copa já são o suficiente. No entanto, é importante estar atento à localização, que deverá ser em uma área de fácil acesso.

Clínica integrada

Abrir uma clínica integrada demanda um pouco mais de investimento pois requer um espaço mais amplo já que nesse modelo de negócio vários profissionais de diversas áreas poderão atuar juntos. Apesar do investimento um pouco maior, para quem está no início da carreira é uma ótima opção, visto que trabalhará em parceria com outros profissionais de saúde.

Além disso, o volume de pacientes costuma ser maior, inclusive pelo fato de que da mesma forma que você poderá indicar um colega de outra especialidade, ele poderá te indicar aos pacientes dele.

Clínica de diagnóstico especializado

As clínicas de diagnóstico especializado são muito importantes no ramo da medicina, e entre elas podemos citar aquelas que realizam exames de endoscopia, por exemplo. No entanto, é necessário estar ciente de que exames como este não são tão solicitados, o que pode implicar na baixa demanda de pacientes. Em contrapartida, esses tipos de procedimentos costumam ter um valor alto, o que torna o negócio um bom investimento.

Nestes casos, uma alternativa para quem está começando nesta profissão é credenciar-se aos convênios, realizando assim atendimentos por planos de saúde. Essa prática faz com que mais pacientes cheguem a sua clínica, e dessa forma seu trabalho se torna mais conhecido em menos tempo.

Esse é o modelo de negócio ideal para quem deseja aumentar o número de pacientes de forma ágil e significativa. Apesar de os valores de consultas e procedimentos serem mais baixos, com um número alto de atendimentos o retorno financeiro vem mais rápido.

Outra vantagem é que esse tipo de clínica não requer um investimento tão alto em sua abertura, porém é necessário ficar atento à concorrência, que nesse ramo costuma ser grande.

Franquias

As franquias são ideais para quem deseja entrar no mercado de trabalho com sucesso garantido, isso porque geralmente as franquias são clínicas conhecidas em todo território nacional ou boa parte dele.

Por outro lado, o investimento nesse modelo de negócio costuma ser alto, pois além da estrutura física, é necessário pagar um valor ao franqueador para que possa utilizar seu nome no negócio. Além disso, é necessário seguir um padrão de atendimento entre outros detalhes que são pré-estabelecidos pela marca.

Agora que você já conhece diferentes opções, basta analisar qual melhor se adéqua ao seu estilo e providenciar o planejamento para que tudo saia perfeito!