Considerada a maior rede social voltada a relacionamentos profissionais do mundo, somente no Brasil o LinkedIn já conta com aproximadamente 30 milhões de usuários e ano após ano esse número continua crescendo.

Já publicamos no blog um artigo mencionando a importância de ter um perfil no LinkedIn, e agora estamos aqui para lhe auxiliar a criar seu perfil da forma correta. Como já ressaltamos anteriormente, o LinkedIn não é uma rede social para compartilhar assuntos muito pessoais, mas sim metas e objetivos profissionais.

Criando o perfil

Ao criar seu perfil, algumas informações serão solicitadas e elas vão além do nome, sobrenome e localização. São informações como: formação acadêmica, cargo atual no mercado de trabalho, objetivos, entre outros.

Você pode (e deve) inserir toda a sua experiência profissional, ou pelo menos aquelas que acha relevante para seus objetivos, não esquecendo de suas especializações, cursos, etc. Você também deverá completar os campos de "Competências e recomendações" que é muito importante.

A medida que você vai completando o perfil com suas informações ele vai criando força e subindo de nível, e quanto mais completo ele estiver, mais chances de se tornar um "perfil campeão" terá, tendo assim 27 vezes mais chances de ser descoberto.

O site também irá solicitar que você adicione outros perfis como suas conexões. As conexões são como os amigos que adicionamos no Facebook por exemplo, no entanto o LinkedIn sempre irá lhe recomendar perfis que tenham alguma ligação com sua área de atuação. Se preferir poderá pular essa etapa e adicionar as conexões mais tarde após completar o perfil.

Defina a foto para o perfil

Assim como toda rede social, no LinkedIn também é solicitada uma foto de perfil. Você pode optar por deixar a foto visível apenas para suas conexões, mas é recomendado que deixe ela no modo público, pois muitas pessoas e empresas poderão visitar seu perfil sem necessariamente fazer parte de suas conexões.

Também é possível escolher uma foto de capa, e caso nenhuma imagem personalizada seja inserida poderá seguir utilizando a imagem que já é padrão do LinkedIn. Para a foto de perfil recomendamos sempre que utilize uma imagem em boa qualidade e que transpareça seriedade, afinal de contas estamos falando de uma rede profissional.

Crie um bom resumo

O LinkedIn disponibiliza um campo chamado Resumo onde é possível descrever seus objetivos profissionais e um breve resumo de sua carreira médica. O texto deve ser atrativo e conter uma linguagem formal e simples ao mesmo tempo, de forma que seja facilmente entendida por todos que visitarem seu perfil, sejam eles colegas de profissão ou pacientes.

Solicite recomendações

O recurso de recomendações do LinkedIn é muito importante pois dá a oportunidade que você recomende colegas e que também seja recomendado por eles. Essa prática traz mais autoridade e serve como uma confirmação de tudo o que foi inserido em seu histórico, além de aumentar as visualizações de seu perfil.


Gostou das dicas Continue acompanhando o blog para ficar por dentro das novidades!