É bem comum em clínicas e consultórios, casos de pacientes que possuem um agendamento mas acabam não comparecendo sem nem mesmo avisar. Este fato, chamado de absenteísmo, pode acarretar nos mais variados transtornos, não somente ao paciente faltante, mas também ao médico e aos outros, pois aquele horário que ficou vago na agenda poderia ter sido preenchido por outra pessoa.

Vejamos cinco dos motivos mais comuns dessas faltas e como solucionar este problema:

1 - Esquecimento

Ao agendar um paciente, o ideal é confirmar de forma sutil se ele já possui algum compromisso naquela data e horário. Após agendado, o paciente também pode ser lembrado com uma ligação, mensagem via SMS ou até mesmo Whatsapp, que poderá ser enviada com um ou mais dias de antecedência. Para auxiliar nessa tarefa importante, hoje o mercado conta com sistemas de gerenciamento para clínicas que possuem funcionalidades específicas para isso, como é o caso do Ninsaúde Apolo.

Esses aplicativos disparam SMS aos pacientes confirmando ou cancelando automaticamente os agendamentos, trazendo resultados positivos e diminuindo o número de faltas de sua clínica. Além das confirmações via SMS, o Ninsaúde Apolo possui a confirmação via Whatsapp, onde o status do agendamento também é atualizado automaticamente conforme a resposta do paciente.

2 - Imprevistos

É comum que imprevistos aconteçam, ocasionando assim o não comparecimento do paciente a um agendamento na clínica. É necessário deixá-lo ciente ainda no ato do agendamento, que sempre que possível, ele deverá entrar em contato para avisar sobre eventuais imprevistos, para que dessa forma a agenda do profissional de saúde não fique com horários vagos.

3 - Pacientes que ignoram o retorno

O retorno do paciente é um momento crucial para que o profissional de saúde possa avaliar os resultados obtidos desde a última consulta, e assim concluir ou dar continuidade ao tratamento.

No entanto, um grande número de pacientes falta ao retorno por achar que ele não é importante, ou que seu problema de saúde já foi solucionado. Sendo assim, é sempre importante ressaltar ao paciente que ele deve comparecer aos agendamentos de retorno, pois estes são tão importantes quanto uma consulta normal.

4 - Localização

Muitos agendamentos são feitos online ou via telefone, o que significa que nem sempre o paciente tem conhecimento sobre a localização da clínica. Vários contratempos poderão surgir, que vão desde a falta de vaga no estacionamento, até não encontrar o endereço. Por esse motivo, é importante lembrar ao paciente não somente do agendamento, mas também onde a clínica se situa.

Alguns softwares disponibilizam a funcionalidade de e-mail marketing, o que possibilita a clínica programar mensagens para os pacientes que possuem agendamento, como é o caso do Ninsaúde Apolo. Além de lembrá-lo do horário agendado, você pode enviar a localização anexando mapas do Google, além de disponibilizar a ficha cadastral para que ele a preencha em casa, agilizando o processo na recepção.

5 - Longo período de espera na recepção

Infelizmente em alguns casos, a própria clínica pode ser a responsável pelo não comparecimento do paciente à consulta. Um dos exemplos em que esse fato ocorre, é quando o paciente comparece à clínica, mas devido à demora em ser atendido, acaba indo embora. Isso porque, muitos profissionais de saúde atendem em locais diferentes no decorrer do dia,  gerando atrasos.

Encaixar muitos pacientes em um curto espaço de tempo entre os horários sem antes avaliar o tempo estimado de cada atendimento, também não é uma boa ideia.

Ao perceber que haverá atraso superior a 30 minutos, entre em contato com os pacientes agendados, explique a situação e ofereça a opção de reagendar. Além disso, o paciente deve se sentir confortável ao aguardar o atendimento.

Sabemos que hoje com as redes sociais em alta, nem sempre apenas revistas e TV conseguem distrair os pacientes. Então, uma boa opção seria disponibilizar uma conexão wi-fi para entretenimento.