Neste dia 30/10 nossos homenageados são os profissionais de saúde responsáveis por cuidar da saúde do aparelho reprodutor feminino e ajudar mulheres a darem a luz da forma mais segura e confortável possível: os ginecologistas e obstetras.

O termo obstetrícia vem do latim "obstetrix", que é derivada do verbo "obstare" (ficar ao lado). Sendo assim, o termo se refere à pessoa que acompanha a mulher no momento do parto. O início da profissão remonta aos primórdios da civilização, diferentemente da ginecologia, que teve início no século 19.

Os EUA são considerados o berço da ginecologia, pois foi a partir de pesquisas e descobertas científicas realizadas na Universidade da Pensilvânia que a especialidade teve sua origem, local onde também surgiram os primeiros ensinamentos nessa área. Algumas descobertas no mundo da medicina tiveram grande influência com o surgimento da ginecologia, como por exemplo a assepsia, antissepsia e anestesia.

Foto via Pexels

Também foi nos EUA que aconteceram outros feitos de grande relevância para a especialidade:

  • Em 1809 foi realizada a primeira extração de ovários, conhecida como ovariotomia. O responsável pelo feito histórico foi o médico Ephraim MacDowell;
  • Nascido em 1813, o médico estadunidense James Marion Sims foi considerado mais tarde o "pai da ginecologia moderna", sendo seu trabalho mais importante uma técnica cirúrgica para reparação da fístula vesicovaginal, uma complicação gerada pelo trabalho de parto prolongado em excesso;
  • Em 1849, J. Marion Sims inaugurou a cirurgia de fístula vesicovaginal;
  • Na década de 1940 surgia o exame Papanicolau, criado pelo médico Geórgios Papanicolau.

Além disso, em 1978 houve o nascimento do primeiro bebê de proveta da história, a inglesa Louise Brown.

Para celebrar o Dia Nacional do Ginecologista e Obstetra, foi escolhida a data da criação da FEBRASGO (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia), que ocorreu em 1959 na sede da Associação Médica de Minas Gerais, em Belo Horizonte, durante a XI Jornada Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.

Quando procurar um ginecologista?

Sempre que houver qualquer alteração nos órgãos reprodutores ou em relação à saúde sexual da mulher num geral, o médico ginecologista deverá ser procurado. Algumas das causas mais frequentes de sua procura são:

  • Ausência de menstruação ou excesso da mesma;
  • Cólicas menstruais severas;
  • Corrimento vaginal com forte odor;
  • Dor vaginal (inclusive durante relações sexuais);
  • Dor e secreção nas mamas;
  • Gravidez;
  • Exames preventivos, entre outros.

Quando procurar um obstetra?

O obstetra é o profissional responsável por cuidar da reprodução humana e ajudar mulheres a darem à luz da forma mais segura e confortável possível. Sendo assim, é natural fazer uma visita ao profissional especialista dessa área na primeiras semanas de gravidez.

Em alguns casos, quando há a possibilidade de uma gravidez planejada, a mulher pode optar pelo acompanhamento com o ginecologista obstetra antes mesmo da concepção, pois dessa forma é possível que o profissional monitore indicadores de saúde e oriente a paciente em relação aos cuidados necessários para o desenvolvimento do bebê.

Dessa forma fica então registrado os parabéns da equipe Ninsaúde Apolo a todos os ginecologistas e obstetras!