Pesquisas de satisfação são fundamentais para a saúde financeira de seu negócio, afinal essa é a melhor ferramenta para descobrir o que seus pacientes pensam sobre seu atendimento e clínica de modo geral.

Com as pesquisas é possível descobrir de forma simples quais são os serviços oferecidos que mais agradam seus pacientes, em quais pontos a clínica está acertando e quais são os pontos a melhorar. Nesse sentido captar o feedback é de suma importância pois um paciente insatisfeito possivelmente não retornará à clínica, e esse dano deverá ser reparado para não afetar as finanças futuramente.

Mas por que aplicar pesquisas de satisfação se nunca houveram reclamações, certo? Errado. Um paciente que se sentiu incomodado em algum aspecto durante sua passagem na clínica dificilmente irá reclamar, ele simplesmente não volta. O erro do administrador é achar que as pesquisas devem ser aplicadas apenas quando rendimento financeiro está baixo, quando na verdade o correto é utilizar a ferramenta desde a fase inicial, onde é possível identificar possíveis erros sem prejudicar as finanças e reputação da clínica.

Outro ponto a destacar é a importância de reservar um espaço para que o paciente possa expressar sua opinião de forma mais detalhada. Nem sempre os administradores e demais colaboradores saberão identificar algum erro tão bem quanto o paciente, que é o indivíduo que está fazendo uso dos serviços oferecidos.

Como formular e aplicar as pesquisas?

Antes de saber como aplicar uma pesquisa, é necessário entender a melhor forma de produzi-la. A pesquisa não deve conter inúmeras perguntas de forma que fique muito longa, pois dessa forma muitos pacientes poderão se recusar a respondê-la. Elabore perguntas que abordem os principais aspectos da clínica de forma clara e objetiva de modo que a resposta dos pacientes aponte suas maiores qualidades e também as falhas.

A pesquisa poderá ser enviada por e-mail para que o paciente responda no conforto de seu lar ou no momento que achar mais propício, ou poderá ainda ser respondida na própria clínica.

No software médico Ninsaúde Apolo existem três formas diferentes de enviar pesquisas de satisfação aos pacientes, sendo que duas delas são via e-mail. A terceira alternativa poderá ser feita através de um tablet na recepção da clínica. A recepcionista precisa mirar a câmera do aparelho para um QR Code existente no sistema e em seguida o paciente poderá respondê-la na própria recepção.