A palavra networking tem ganhado destaque nos últimos anos, mas poucas pessoas sabem seu real significado e sua importância no mercado de trabalho. Caso você seja uma dessas pessoas, não se preocupe, vamos explicar neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Networking é um termo utilizado para designar a construção de uma rede de contatos profissional para a troca de experiências e informações, e assim potencializar oportunidades através de relacionamentos.

Manter um networking na área da saúde pode lhe auxiliar em diversos aspectos. Além dos já citados acima, dentre eles estão a obtenção de informações relevantes, maior reconhecimento de sua clínica ou consultório, oportunidade de aprofundar relações com clientes, detectar oportunidades de negócio, desenvolver a carreira e aumentar sua visibilidade como profissional de saúde.

O Networking também é uma ótima ferramenta para conseguir parcerias. Com o networking médico é possível até mesmo a troca de serviços, mesmo que os profissionais envolvidos atuem em diferentes clínicas. Mas afinal, como isso acontece? Através de indicações.

Digamos que você seja um endocrinologista, seus colegas nutricionistas podem indicar seu trabalho aos pacientes deles. Outro exemplo seria com relação aos ortopedistas, que podem indicar a seus pacientes os colegas fisioterapeutas.

Outro ponto importante a destacar é o fator quantidade x qualidade. Você pode trocar informações com diversos profissionais dos mais diversos ramos, mas lembre-se que aqueles que estão mais próximos da sua área irão lhe proporcionar as melhores conexões e resultados.

Nesse sentido podemos dizer que o networking funciona quando há benefício mútuo, pois quando você ajuda direta ou indiretamente pessoas, automaticamente fortalece os relacionamentos que podem naturalmente transformar-se em indicação ou contratação na sua área.

Como iniciar o networking na área da saúde?

Para começar, uma boa pedida são os cartões de visita, no entanto ele pode ter maior valor se utilizado ao concretizar a troca. Que tal convidar seus colegas para um cafézinho, e assim aproveitar para conhecê-los melhor e trocar informações? Neste caso, o cartão de visitas pode se tornar um item indispensável na sua carteira, e deverá conter uma mensagem que gere empatia e que possa chamar a atenção do interlocutor, caso contrário será só mais um em meio a vários.

Cena do filme American Psycho (2000)

Aproveite reuniões, congressos, simpósios e outros eventos para construir um networking, mas não esqueça do cartão. Nele você pode inserir suas redes sociais mais importantes, como por exemplo o LinkedIn, rede social profissional onde poderá adicionar sua experiência, fazendo com que tenha um currículo online sempre disponível para todos aqueles que visitarem sua página.

O LinkedIn também tem sido uma ótima ferramenta para estabelecer um networking de qualidade. Semelhante ao Facebook, onde podemos adicionar usuários como "amigos", no LinkedIn essa ação também é possível, no entanto são chamadas de "conexões".

Ter uma grande rede de conexões é um ótimo caminho, e como já mencionamos antes, mais importante que quantidade, é a qualidade. Busque adicionar usuários que tenham ligação com a área da saúde para que assim possa aumentar sua networking e mais oportunidades de trabalho aparecerão. Para saber mais sobre o assunto, confira nossos artigos:

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para ficar ligado nas próximas atualizações. Ainda não conhece o software médico Ninsaúde Apolo? Entre em contato e solicite uma demonstração.